16/07/2016

gimmicky move


[Foto: Reprodução]

Numa tentativa de se redimir do fracasso de "Pretty Girls", a Britney Spears decidiu surpreender quem esperava que fosse repetir a fórmula de sempre. Lançado ontem, o single "Make Me" não foi criado para ser ouvido no último volume nem para tocar nas pistas de dança. O objetivo, ao que tudo indica, é garantir que o foco principal seja a voz da lip-syncher mais famosa do mundo e mostrar que ela não parou no tempo. Mas isso não passa de um truque. A eterna princesinha do pop voltou a fazer uma parceria desnecessária — 
o equívoco mais recente se chama G-Eazy — e a recorrer à sua velha cartilha: todo o conceito da fase atual remete ao início dos anos 2000. Que preguiça!


[Foto: Reprodução]


Nenhum comentário: