31/08/2011

social network

A série "Coisas que Você Encontra Fuçando na Internet" apresenta um trabalho do Ahmed Mekky. OK, não entendo o que o rapaz canta, mas me dei super com ele, viu?

30/08/2011

jersey dolls

Integrantes originais das Clique Girlz, as irmãs Destinee & Paris decidiram se lançar como dupla e acabam de divulgar o vídeo de "True Love". Não quer ficar com o single delas grudado nos ouvidos? Então nem pense em apertar o play porque esse som vicia!


29/08/2011

nothing new

Principal expoente nacional do pop reciclado, a Wanessa continua se apropriando das idéias de suas colegas estrangeiras e fazendo de conta que ninguém nota isso. Versão bestinha de "Dirrty", o clipe de "Sticky Dough" é um equívoco em todos os sentidos: a tal Bam Bam [who?] sequer aprendeu a pronunciar o nome da ex-Camargo direito. Hã?

26/08/2011

from the bottom of heart


A playlist desta semana reúne cinco moças que são donas de vozes potentes e dão um show do começo ao final de suas belas canções. Tente nem se emocionar se puder, eh?

"1+1" -
Beyoncé
"This Time" - Pia Toscano
"Hear My Call"" - Jill Scott
"Collide" - Leona Lewis /
Avicii
"My Heart Can't Tell You No" - Sara Evans

la justiciera

Novo sencillo do próximo álbum da colombiana Fanny Lu, "Fanfarrón" indica os rumos musicais que ela pretende seguir no futuro. Dirigido por Simon Brand, o vídeo mostra a artista encarnando uma mulher que acusa e condena um cafajeste que a enganou. O fulano é interpretado pelo israelense Yaniv Moyal, btw! Preciso dizer que curti? Nah!


25/08/2011

gone too soon

Há exatos dez anos, nossa amada Aaliyah morreu em um trágico acidente aéreo e eu acho bastante apropriado postar o clipe de "Miss You" numa data tão importante, tá?

24/08/2011

decoding gaga

Uma descompensada que se identifica como GloZell é o destaque da sensacional série "Coisas que Você Encontra Fuçando na Internet" nesta quarta-feira. Na produção caseira recém-publicada, a fofa descreve de um modo peculiar a obra da "LGG". Cata:

23/08/2011

roubando a cena


[Fotos: TV Globo/Blenda Gomes]

Personagem do talentoso Rodrigo Sant'Anna, a transexual Valéria apareceu na tevê pela primeira vez no dia 28 de maio e caiu nas graças até daqueles que não assistem o humorístico Zorra Total. Em entrevista ao pop ao cubo, por e-mail, o ator comenta o sucesso da hilária "assessora para assuntos de poeira e detritos" e da parceria com a ótima Thalita Carauta [intérprete da lesada Janete]. Leia as respostas dele abaixo:

Como surgiu a Valéria?
A Valéria é personagem de um esquete que apresento no espetáculo Os Suburbanos.

Você se inspirou em alguém para criá-la?
As características dela vieram do universo onde fui criado, que tem criaturas que falam o que pensam: os famosos suburbanos.

Os textos são escritos por você ou pelos redatores do Zorra Total? Há liberdade para improvisar?
Os textos são escritos pelos redatores do programa, mas temos muito liberdade para o improviso.


Você imagina que a personagem ia fazer tanto sucesso tão rápido? Por que acha que isso aconteceu?
Quando a gente faz um trabalho sempre imagina que vai dar certo, mas nunca imaginei que ganharia essa proporção. Atribuo o sucesso da personagem ao comprometimento, ao trabalho e ao universo.

O que significa o principal bordão dela?
Estar bandida é falar o que vem à cabeça, sem cerimônias.

Por que sua parceria com a Thalita Carauta dá tão certo?
Acho que por causa da nossa amizade, que transpõe a tela.


Como tem sido a reação do público quando o encontra?
As pessoas são muito carinhosas! É só um pouco constrangedor quando me chamam de Valéria, de bandida [risos]...

Personagens gays de programas humorísticos costumam receber críticas por reforçar estereótipos, mas a Valéria parece ser uma exceção. Por que acha que ela tem sido bem aceita até pelos homossexuais?
Acho que a Valéria agrada por ser verdadeira e falar o que pensa.

Existe a possibilidade de a Valéria ganhar uma atração própria?
Isso não passa pela nossa cabeça. Estamos muito felizes no Zorra.


17/08/2011

what's the point?

Apesar de ainda amar a GaGa com todas as forças do meu ser, confesso que sinto uma certa preguiça da atual fase da carreira dela: as canções não passam de um exercício de masturbação mental e os clipes viraram uma colagem de imagens aleatórias. O mais recente exemplo disso é "Yoü and I", uma música que poderia entrar no repertório da Shania Twain [por um motivo óbvio] e rendeu um vídeo cujo roteiro foi inspirado num episódio rejeitado pelos produtores de True Blood. Felizmente, a bobagem conta com a participação especial do ator Taylor Kinney. Aperte o play e confira se quiser, ok?

16/08/2011

here and there

O canal Fox e o blog Fleshbot deram ibope pra mim nos últimos dias. Olha só os posts:


Gay Porn's Pass Around Party Bottom Is Thawed Out And Back in Action

approved performance

A Madonna completa mais um ano de vida hoje e essa data pede um post especial, vai! Por isso resolvi compartilhar registros da badalada apresentação que a Beth Ditto fez na capital russa. Detalhe: a própria bovina viu e curtiu a versão bafônica de "Vogue"!



05/08/2011